Radio Cidade de Tomar 90.5 FM

Radio Cidade de Tomar 90.5 FM, Radio Radio Cidade de Tomar 90.5 FM ouvir rádios online grátis Radio Cidade de Tomar 90.5 FM Portuga


Adicione ao seu site.

Onde eu os encontro? Fairfax não está na cidade. E o Carter? Onde ele está? Ele está na cidade? Porter, não vai te adiantar de nada. Eles vão te Radio Jesus! Seu Radio Frederick Carter Investimentos. Rua Commerce, . Valeu. Tudo bem. Tudo bem! Eu vou te ajudar. Você é louco de enfrentar o Grupo por causa de mil Radio mas eu vou te ajudar. Tome. Continue falando. Obrigado. Eu Radio Eu te coloco lá dentro. Lá é muito fechado. Quantos caras? Bem Radio É quase impossível. Mas só tem um cara lá fora. Isso dá pra ultrapassar. Você é louco! Você é um louco filho da mãe! Por isso eu te amo. Pois é. Você tem fogo? Eu Radio o que? Você tem fogo? Não. Não. Então pra que você serve? Espere! Rosie. Rosie. O aluguel está em seu nome? O Grupo. O Grupo paga por tudo. Quero que junte tudo o que você precisa Radio e diga adeus a este lugar. Tudo bem? Eu disse que ele apareceria. Me dê o meu dinheiro, por favor. É, me dê o meu dinheiro também. Me dê o meu maldito dinheiro, por favor. Tem certeza que é ele? Sim, vamos. Muito obrigado. Obrigado. É, aí está você. O que manda, amigo? Bem, o dinheiro está alí Radio se ainda estão interessados. Não na grana, mas no barco que comprarei. O que ele faz aqui? Estou na jogada, Porter. Veja só. A sua fatia da torta ficou um pouco menor. Mas não se preocupe, eu deixo uma sobra. O que está esperando, Porter? Vá lá. Vá pegar a nossa grana. Vocês me fazem um favor? Estamos aqui para ajudar, amigo. Bem, eles vão me revistar quando eu entrar. Então, eu apreciaria se pudessem guardar isso pra mim. Jesus. Só um pouquinho. Claro, Porter. Ei! Belo equilíbrio. Babaca. Posso te ajudar? Sim, eu quero ver o Sr. Carter. E quem é você? Diga que é o cara que acabou com o Val Resnick. Desculpe, eu não Radio Não ouvi. Repita. Certo. O Sr. Carter te receberá. Vire-se para eu te revistar. Então você apagou o velho Val, hein? Obrigado. Bolso esquerdo. Economizando? Pois é, “de grão em grão” Radio Siga-me. Bravo. Sente-se. Meus cumprimentos. Eram dois dos melhores. Não, eles desmaiam muito fácil. . Você quer algo de mim. Val Resnick te deu mil dólares. Ele nos pagou. Era uma dívida. mil eram meus. Eu quero de volta. Desculpe, Resnick me disse, mas eu esqueci o seu nome. Porter. Porter. Certo. Não esquecerei de novo. O Grupo sabe ser racional, Porter. Mas nenhuma firma no mundo daria o que está pedindo. E o Fairfax? Ele dará o meu dinheiro? Resnick te contou bastante, não é? Fairfax dirá a mesma coisa que eu. Não estamos autorizados a fazer essas coisas. Quem está? Quem toma as decisões? Bem, um comitê tomaria Radio uma decisão, neste caso. Não. Um homem. Quando você sobe até o topo, sempre chega a um homem. Quem? Fred Carter. Eu gostaria de falar com Bronson. Desculpe lhe incomodar, mas estou com um problema. Tem um homem aqui na minha sala com uma arma dizendo que vai me matar Radio se o Grupo não pagar a ele mil Radio mil! É Radio Me deixe falar com ele. Ela. Ele quer falar com você. No viva-voz. Aqui quem fala é Bronson. Quanto este Carter vale pra você? Vale? O que quer dizer? Ou eu pego minha grana, ou eu mato o Carter. Não gosto de ser ameaçada. Não estou te ameaçando. Estou ameaçando o Carter. “Touché.” Um homem audacioso. Quem é você? O meu dinheiro. Sim ou não? Não. Carter? Carter? Carter, o que está havendo aí? Mande alguém lá na Rua Commerce. Agora! Carter? Fale comigo. Carter? Você não entendeu nada, não é, seu burro? Espero que esteja falando com ele e não comigo. Carter! Carter! Eu matei o Carter. Quero que ligue para o Fairfax e diga isso a ele. Mate todos se puder, cuzão! Você só tem mais horas de vida. É um dia a mais para colocar seu mundinho nos eixos. Você me entendeu, queridinho? Entendeu? Porter, Porter, Porter, me dê meu dinheiro. Estou vendo ele, estou vendo ele. Venha, venha, venha. Aqui. Não vejo grana nenhuma. Eles te deram um cheque? Me mandaram para um outro cara. O último. Depois, teremos uma mulher morta, uma agressão Radio e todo o tipo de coisas contra você. Isso significa mais relatórios. E não gostamos de relatórios. Que pena, Porter. Mas não deixe os miseráveis te sacanear. É isso aí, Porter. Não desista. Pode devolver minha arma? Ah, claro. Belo cabo, Porter. Dá pra quebrar nozes. Manteremos contato, Rocky. Continue trabalhando assim. Rocky? De onde você tirou esse nome Rocky? O esquilo do desenho Rocky e Bullwinkle. É bom tê-lo de volta à cidade, Sr. Fairfax. Eu gostaria de não ter voltado. Eu estava nadando com golfinhos hoje. Calma! É crocodilo genuíno, pelo amor de Deus! O que deu em você? Desculpe, Sr. Fairfax. Olá, Sr. Fairfax. Como vai, Charlie? Entre nós e nossos amigos tiras Radio eu diria que ele está bem protegido, não? Walter, acorde. Walter! Acorde! Não larguem as malas, rapazes. Quem diabos é você? Sou a razão da sua volta. Você é o Porter? Isso mesmo. Levantem até o ombro, rapazes. Larguem e eu furo vocês. O que me obrigará a fazer? Ficar de ponta-cabeça? Não. Quero que me faça um favor. Ligue para a Sra. Bronson. Veja o que pode fazer sobre a devolução do meu dinheiro. Ela deixou o Carter morrer. Mas o miserável está melhor morto. Provavelmente ela vai me deixar morrer também.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *