Kiss FM 95.0 Lisboa Algarye

Kiss FM 95.0 Lisboa Algarye, Radio Kiss FM 95.0 Lisboa Algarye ouvir rádios online grátis Kiss FM 95.0 Lisboa Algarye Portuga

Não saio daqui sem a Jules. Aquela rapariga morta está aqui! Não! Dana, anda! Que coisa é aquela? Merda! Não sei, mas há mais. Mais? Eu vi uma jovem rapariga. Toda Zombie como ele. Mas ela não tinha um braço. Meu Deus, Patience. O diário. Ouçam radio Temos que trancar este lugar. Ele tem razão. Quarto por quarto, bloquear todas as janelas e portas. Temos que estar seguros. Aconteça o que acontecer temos que ficar juntos. sse! Acalma-te. Vê o mestre a trabalhar. Isto não está certo. O quê? Qual é o problema? Isto não está certo. Devemos separar-nos. Cobriremos mais terreno assim. Sim. É, boa ideia. A sério? Certo, pessoal, cada um para um quarto. Tranca-os. Mas que diabos? Mas que radio ? Que diabos? Isto não é bom. Saia do caminho radio Departamento de química, preciso de CCs de Thorazine a bombear no quarto três. Não, não, não. Aguardem, Química. Judah Buckner para o resgate. Mas que diabos? Merda. Mas que raio? Meu Deus! Estou num programa de televisão. Os meus pais vão pensar que sou um drogado. Não! Socorro! Socorro! Deve estar a ficar animado lá em baixo. É o melhor programa do planeta. Alguém me ajude! Anda! Usa a cama! Vamos, vamos. Está vazio. Vai. Curt, destranca a porta. Não posso. Desce para o porão. Esta é a sala preta. Fixe. Do diário. Foi aqui que ele matou-os. É aqui que ele nos vai matar. Nem pensar. Não. Ele não vai matar-nos. Só temos que encontrar uma porta. Certo? Vamos verificar as paredes, certo? Curt? Quer dizer, tem que haver radio Gostas de dor? Como foi para ti? Malditos zombies. Lembraste quando podíamos atirar uma rapariga para o vulcão? Quantos anos pensas que tenho? Vamos! Vamos, vamos! E o Marty? Apanharam-no. O demónio foi derrotado. Agora o espírito de Kiko irá viver no sapo feliz. Vai-te foder! Vai-te foder! Estás a ver isto? Recorde perfeito, não? A equipa do Japão devia ter tratado disto! Quão difícil é matar crianças? Nenhuma fatalidade. Fracasso total. Já disse, queres produto bom, compra americano. Alguma palavra lá de baixo? Eles não querem saber do Japão. O director confia em nós. Acabaste de falar com a Química, Lin. Enquanto esses idiotas cantam “Que Amigo Temos em Shinto”, nós trazemos a dor. Que merda se passa com o pote deste gajo também? Ele devia estar a babar-se e foi quase ao contrário. Nós fizemos merda. O Rambler está a ir em direcção ao túnel. O idiota está morto, de qualquer maneira. E nós também estaremos se não controlarmos isto. Merda. O quê? Merda porquê? Vocês são a última esperança da humanidade. se os Anciões acordarem radio Não há barreira. O quê? O maldito túnel está aberto! Controle para Demolição. Estamos cegos nesse sector. Tenta corrigir isto. O que achas que estou a fazer? Abre a porta. Saiam da frente! Abram espaço! O que está a acontecer? A Eléctrica disse que foi uma falha radio O túnel devia ter explodido horas atrás. Não recebemos a ordem. Certo. Hadley, o que se passa? Hadley? Porque é que o túnel não explodiu? Não. Não, não. Nem pensar! Não acredito nisto, meu, isto não está a acontecer. Está mesmo ali. Tudo bem, tens algum material de alpinismo? Cordas? Sim. No meu maldito dormitório. Não podemos voltar. Não há como atravessar. O que vamos fazer, saltar? Meu. O quê? Curt, tens a certeza sobre isto? Já dei saltos maiores que este. Tens uma corrida regular, e talvez uma diferença de ,m no outro lado. A verdade é que tens de dar tudo. Curt. Ouçam, fiquem no Rambler. Eu vou trazer ajuda. Se eu cair, rastejarei por ajuda. Mas voltarei aqui. Voltarei com a polícia, helicópteros e armas bem grandes, e aquelas coisas vão pagar. Pela Jules. Não te contenhas. Nunca. Não! Curt! Meu Deus! Ele bateu em algo. Não há nada! Onde é que ele bateu? Marionetes. O Marty estava certo. Entra na carrinha. Dana. O Marty tinha razão. Estás a voltar. Estou a ir em frente. Vamos apenas andar. Tem que haver outra estrada, outra maneira de sair daqui. Não vai resultar. Alguma coisa vai acontecer. A estrada vai colapsar ou desaparecer. Então saímos da estrada juntos, conduzimos até o mais longe possível da floresta, e vamos a pé a partir daí. Não estás a entender. Por favor, não enlouqueças, Dana. És tudo o que tenho agora. Estou bem. Ainda bem, porque preciso de ti calma. Aconteça o que acontecer temos que ficar radio Maldição, esta foi por pouco! Foto do fim! Não entendo. Estão a celebrar? Eles estão a celebrar, eu estou a beber. Mas ela ainda está viva. Como é que o ritual está completo? A morte da virgem é opcional, se for a última. O principal é que ela sofra. E ela sofreu. É tão estranho. Estou a torcer por esta rapariga. Ela tem tanto coração. Só de pensar em toda a dor e radio Tequila é a minha senhora! Minha senhora! Entrem pessoal, bem vindos. Tequila! Da escuridão, faz-se luz! Eu gostava de poder fazer o que tu fazes. Meu Deus! É obra de mestre. Não sei. Hoje foi sólido, não sei. Estás a brincar? Final clássico. Quando a carrinha caiu no rio radio Eu gritei. Verdade? A água a entrar e o zombie radio Eu acho que seria melhor com um “sereio”. Sabes se vamos ganhar o bónus de tempo extra neste? A Contabilidade está ali, pergunta-lhes a eles. Não é preciso, já sei a resposta. Sou um estagiário. Então não estou qualificado para receber esse bónus. É engraçado tu gostares de ballet, porque eu tenho dois bilhetes para radio o teu favorito. Seus cabeças duras. Quase me dês-te um ataque cardíaco com aquele túnel. Como eu disse, a culpa não foi nossa. Não recebemos a ordem. Estou apenas a brincar. Vá lá. Dá-me um abraço. Não, a sério. A culpa não foi nossa. Houve uma falha. A energia foi desviada lá de cima. Como assim “lá de cima”? Desliguem a merda da música. Sim? Isso é impossível. Foi tudo feito dentro das regras. A virgem é a única. Não estou duvidar de ti. Qual deles? Marty. Olá. Dana! Vamos. Marty, espera! Vamos entrar num túmulo? Dana, anda lá! Que lugar é este? Pois é, eu radio tive que desmembrar aquele gajo com a espátula. O que tens feito? Mais ninguém, então? Sim, já imaginava. Tu imaginaste tudo. Não tudo. Mas sei algumas coisas. Como radio É um elevador. Alguém mandou aqueles malditos mortos para matar-nos.. Não há controles por dentro, mas há um painel de manutenção lá dentro.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *