Radio Jornal da Madeira 88.8 FM

Radio Jornal da Madeira 88.8 FM, Radio Radio Jornal da Madeira 88.8 FM ouvir rádios online grátis Radio Jornal da Madeira 88.8 FM Portuga

Adicione ao seu site.

pela dupla interpretação radio entram no âmbito das relações normais. Apesar de estarem separados de toda comunidade política radio novamente pertencem a humanidade e a si mesmos. Assim como suas vidas radio também as suas liberdades. A beligerância só pode dispor radio da sua liberdade como combatentes”. Como vê, Sr. juiz radio não podem nos julgar num tribunal civil radio e, portanto, solicito que deneguem as acusações. Está absolutamente certo. Este tribunal não tem jurisdição sobre eles. São culpados do crime de violação da lei internacional. O governo do Imperador não tem fundamentos radio para procurarem imunidade nos Artigos de Guerra. O promotor lerá a acusação. “Considerando que os acusados foram identificados como membros radio das forças armadas dos Estados Unidos radio um inimigo com quem o império japonês está em guerra radio e considerando que em de abril de radio as cidades de Tóquio, Yokohama radio Nagoya, Kobe e Osaka foram bombardeadas por aviões inimigos radio e considerando que radio os tais membros das forças armadas dos Estados Unidos radio ao bombardear essas cidades radio desviaram seu ataque dos alvos militares radio e deixaram cair suas bombas sobre instalações que não eram militares radio como escolas, hospitais e templos de culto” radio É totalmente falso. Eu estava em Tóquio. “e considerando que voaram em baixas altitudes radio e atacaram a multidão com metralhadoras radio e mataram mulheres e crianças” radio Brutalidade! Brutalidade! “portanto, o governo do Imperador radio requer a condenação dos acusados pelo crime de homicídio”. Como homicídio? Isso é uma mentira. Não atiramos com metralhadora! Acalmem-se! Falaremos quando chegar a hora. Chame a primeira testemunha. Yuen Chiu Ling. “Declaro que, em sã consciência radio dizer a verdade radio sem acrescentar nada e sem ocultar nada”. Seu nome? Yuen Chiu Ling. Sua nacionalidade? Chinesa. Onde reside? Kunwong. Tem uma posição oficial lá? Sou governador da província de Kunwong. Onde estava no dia em que o bombardeio aconteceu? Na minha casa. Viu algum dos acusados nessa data? Sim, Excelência. Descreva as circunstâncias. Soube do bombardeio pelo meu rádio. Os informes iniciais foram confusos e contraditórios radio quanto ao número de aviões envolvidos radio e o montante do dano causado. Ao anoitecer, a rádio de Tóquio disse que radio acreditava que os aviões americanos cruzavam a China. Mais tarde, segundo outros informes radio a tempestade obrigava muitos aviões aterrissarem. Informaram que um deles caiu nas montanhas. Acreditavam que outro tinha caído no mar. Depois informaram radio que um dos aviões estava próximo de Kunwong. SRA. MURPHY Piloto para navegador. Piloto para navegador. Navegador para piloto. Vá em frente, piloto. Como é que vamos, Greenie? A velocidade do vento mudou. É melhor compensar a . Chegaremos? Impossível. Preparem-se para saltar. Vamos tentar acima desse tempo radio para melhorar as nossas possibilidades. É uma ordem. Certo. Piloto para navegador. Em frente. Que todos venham para frente com seus paraquedas. Vamos saltar pela escotilha da proa. Certo. Vai. Deixarei no piloto automático. Claro. Você sabe onde estamos? Sobre a China. Ótimo. Isso limita as possibilidades consideravelmente. Bem, homens, se algo me acontecer radio o tenente Vincent fica no comando. Coloquei o avião para voar em círculos radio assim não estará longe quando cair. Se pegar fogo quando bater, veremos as chamas e nos encontraremos lá. Se não incendiar, todos procuramos. Quem encontrá-lo, queime-o. Não deve cair em mãos japonesas radio e o resto de nós usaremos o fogo como referência. Bem, rapazes, este é o fim da estrada. Abra-a, Greenie. SAÍDA DE EMERGÊNCIA LEVANTE A PORTA INTERNA PUXE É hora de se levantar, capitão. Chegamos. Está ferido? Não sei ainda. Ok? Acho que sim. Não percebi nada quebrado. Me assustou muito. Começava acreditar radio que era sério seu discurso lá em cima. Você viu os outros? Não vi nada mais que lama. Parece que a Sra. Murphy está prestes a cair. Ei, capitão! Capitão Ross! Senhor? Sou eu. Greenie. Ei! Ei, Greenie! Sou eu. Clint. Ei, sou eu! Sou eu. Greenie. Ei! Por aqui! Ei! Ei, Greenie! Ei, Greenie! Olá, Caramba, Clint, fico feliz em ver que está são e salvo. Caramba, Greenie, estou feliz por você estar aqui. No que caiu? E você? Deve ser algum tipo de lama. Diga lama se quiser, mas não precisa ser tão educado. Provavelmente caímos num arrozal. Arroz? Nunca mais como enquanto vivo, nem com passas. É a Sra. Murphy. Quem vem lá? Ei, Clint, é o capitão! Não tenho nada contra você, Vincent radio mas fico feliz de ainda termos o capitão. Eu também. Eu também, senhor. Obrigado, pessoal. Eu também. Que pena. A Sra. Murphy era um avião muito bom. E se nos afastarmos deste fogo? Este lugar poderia estar cheio de japoneses. Se for descer, desça com as mãos para cima. Quem é? Ele é o Tecnológico do Geórgia. Bayforth. Bayforth. O que aconteceu com o avião? Bati ao aterrissar no pântano. Você o queimou? Não tive que fazer. Ele afundou. Burke morreu. Por favor, perdoem a intromissão, senhores. Corremos perigo se ficarmos aqui. Não nos apresentou aos seus amigos, tenente. Desculpe. Sou Yuen Chiu Ling, governador da província de Kunwong. Ele é o meu filho Moy. Muito prazer. Muito prazer, senhores. É um prazer conhecê-los. Onde ele te recolheu? Ele nos pegou na estrada. Disse que estava nos procurando. Toda a China agradece radio o ataque a Tóquio, capitão. Como soube disso? A rádio de Tóquio não falou de mais nada o dia todo. E como fomos? Houve muitos danos? Primeiro, anunciaram que não houve danos. Depois disseram: “Os incêndios ardem furiosamente.” Primeiro, disseram que não havia vítimas. Depois estimaram que as baixas poderiam ser mais de .. Parece que nos temem quanto a Deus. Os japoneses não temem Deus. Só temem as bombas. Certamente, capitão radio têm uma base secreta onde querem chegar radio e talvez eu possa guiá-los. Que amável, mas não podemos dizer aonde vamos radio nem de onde viemos. Isso é o que nos ordenaram. Um milhão de perdões. Não devia ter perguntado. Foi muito estúpido da minha parte. Posso fazer uma sugestão, capitão? O quê?



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *