Radio Antena Sul Alentejo 95.5 FM

Radio Antena Sul Alentejo 95.5 FM, Radio Radio Antena Sul Alentejo 95.5 FM ouvir rádios online grátis Radio Antena Sul Alentejo 95.5 FM Portuga

Para a senhora. O melhor homem para ela. DEPARTAMENTO REGIONAL DA CIA Perdão, senhor. Assustou-me. Ouvi dizer que é o melhor de Savile Row. Fazemos o nosso melhor. Nesse caso, gostaria de um fato com este tecido. Vicunha da América do Sul. Excelente escolha, na verdade. Gosto de saber que os meus fatos são únicos. Não gostaria de esbarrar com alguém com um fato igual. Claro. Com este tecido e esta cor, fiz apenas um outro, para um cavalheiro que vive muito longe. A que distância, exactamente? Los Angeles. Tem algum motivo para ir lá, em breve? Agora, tenho. Neste momento, não estou em casa. Deixe mensagem e eu telefono-lhe. Onde estás tu? São horas. A maratona CHiPS vai começar. Tenho baquetas novas para o “Rock Band”. Adoro estes lugares. Imaginei que sim. Não nos vamos embora enquanto não gastarmos todas as fichas. Neste momento, não estou em casa. Deixe mensagem e eu telefono-lhe. Meu, onde estás? Meu, são quase h. Estou por aqui, meu, a ver esta coisa. Talvez o teu telefone esteja desligado ou isso. Vê lá o que se passa radio Bem, é claro que não podes ver nada. Telefona. Então, a grande jogadora de hóquei de mesa faz batota. Estou disponível para lições em qualquer altura. Mas apenas para ti. Quero mostrar-te uma coisa. radio e eu telefono-lhe. Meu, estou um bocadinho preocupado. Não sei radio Não respondes às minhas chamadas, há uma hora ou isso. Telefona-me se estiveres bem, certo? Já disse “certo”, umas cinco vezes. Telefona-me, certo? Aonde vamos? Há leões aqui dentro. Não. Sim. A sério? Está bem. Abre os olhos. É lindo! Vem. Vamos lá acima? Tu agarras-me, certo? Sim. Prometes? Sem dúvida. Está bem. Um! Dois! Três! Isso mesmo. Meu Deus! Muito bem. O que foi aquilo? Desculpa. Não consegui agarrar-te. Fizeste isso de propósito. Talvez tenha feito. Acho que fizeste. Às vezes, cair é a melhor parte. Está? Sou eu. Podemos conversar? Sim, o que se passa? Não sei. Sinto-me estranha por namorar dois tipos ao mesmo tempo. O quê? Não te sintas mal. É bom. Tens de sair e viver uma vida pelas mulheres, como eu, que não podem. Que têm com o mesmo tipo, todas as quartas às horas, enquanto comemos Cheetos. Isso parece espantoso. É espantoso. Pelas mulheres em todo o lado. É essa a ideia! O Bob está cheio de tusa. Tenho de desligar. Está bem. Adeus. Pelas mulheres em todo o lado. Gosto disso. Amo-te. Tuck. Onde está o seu colega? Foi sair com uma namorada. Claro. É um assassino. Mata tudo onde põe os olhos. Localizámos aquela chapa de matrícula. Quer que o vejamos? Sim. Não. Na verdade, não. Continue. Se quiser, obrigado. Não, não podemos. Sim, tem de fazer isso, agora. Vamos, estou aqui, continue. Não tinha a certeza de que viesse. Disse-lhe que me aguentava. Vamos ver. Venha. Não quero perder o meu lugar. Não se preocupe com isso. Passe à frente. Deixe-os entrar. Vai gostar deste sítio, juro. Olá, Ciera. Como estás? Acho que se está a divertir. Descontraia-se. Deixe-se ir. Nathaniel! Como vai isso? Olhe para si! Cintila como uma luz brilhante. Vocês estão cá? Não acredito! Tenho de cumprimentar o DJ. Ele conhece-me. Venha. Venha, venha. Tudo bem? Passe, minha senhora. Veuve , Sammy. Aonde vai? Acabámos de chegar. Sabe uma coisa? Não sou rapariga para si. Que é isso! Venha cá. Vamos divertir-nos. Já fiz disto. Quando era ginasta no liceu a minha melhor prova era fazer o pino. Era ginasta? Inacreditável. É uma pergunta válida. Disse que era ginasta. É por isso que me vou embora. Porque é toda reprimida e não sabe divertir-se? Você tem a inteligência emocional de um rapaz de anos. Acha que estaria interessada em voltar para o clube? Não me parece. Obrigado, princesa pretensiosa. Podemos ficar por aqui? Por favor, fiquemos por aqui. Boa noite. Divirta-se. Volte para o condomínio de reformados. Meu Deus! Isto não está a acontecer. Volte aqui! Espere! Beije-me! Nem pensar! Porque haveria de beijá-la? Beije-me, já, raios partam! Você é bipolar. Pare! Lauren. Estás aí. Steve. Meu Deus, é tão engraçado voltar a encontrar-te. Tão engraçado. Este é o meu namorado, o FDR. É o cirurgião de que estávamos a falar. Neurocirurgião. Chefe de Departamento do Hospital de Crianças. Espantoso. É realmente espantoso. Para. Espantoso. Não sei o que me faz mais feliz, o sorriso de uma criança ou acordar com ela de manhã. Amo-te. Também te amo. É muito engraçado. Já não morremos hoje. Somos realmente felizes. Sim, somos mesmo. Mas quem não seria feliz com uma rapariga como ela? Tem beleza, estilo, graça. É muito amoroso. Sabiam que ela era ginasta no liceu? Não. Não me parecia. Ele gosta disso. Brincalhona, adoro! Sabem uma coisa radio Acho que devíamos ir andando. Stan, foi um prazer. O meu nome é Steve, mas não tem importância. Steve radio isso. Muito bom conhecê-lo. Muito bom. Foi um enorme prazer. Olha para aquilo. Um beijo na mão. Que doçura. Tens muita sorte. Eu sei. Adeus. Divirta-se, Simon. É Steve. Muito obrigada. Desculpa, o quê? Ouço mal deste ouvido. Disse obrigada. Obrigada. Não é preciso seres chato. Queres comer alguma coisa? Conheço uma pizzaria aqui perto. Deves-me uma explicação por aquilo. Tens razão, devo mesmo. Vamos. Então, peguei em todas as minhas coisas e segui-o para aqui. Seis meses depois, encontrei-o na cama com uma instrutora de Pilates. Não é o tipo que eu pensava que era. Sinto que cometi um erro. Não acredito em erros. É uma filosofia conveniente para alguém como tu. Os erros fazem de nós o que somos. Trouxeram-te aqui, certo? Preferias estar em Atlanta? Nem por isso. Levaram-te ao teu trabalho, gostas dele. Adoro o meu trabalho. Aí tens. É só a minha opinião. És muito inteligente. Muito inteligente para uma ratazana de clubes. Bonita mulher, a de ontem à noite. Estiveste bem de olho na minha companhia! O quê? Não, não. Sim, estiveste. Desculpa. Estive de olho nela, sim senhor. Tínhamos um acordo. Eu sei. É que comecei a pensar radio Começaste a pensar? Tinha de saber, só isso. Se houvesse alguma acção, ias chamar as Forças Especiais? O esquadrão de atiradores? Para me matarem? Munique tem a identificação de um dos homens do Heinrich, de Hong Kong. Chama-se Ivan Sokolov. Têm aqui um ficheiro de vigilância da DFS no México. Achamos que está a ajudar o Heinrich a entrar no país pelo porto de L.A. Informações sugerem que o Ivan vive aqui, em Los Angeles. Agora, vejam se o atraem cá para fora. Perdeu definitivamente a centelha. Alerta a Interpol que eu telefono a alguns dos nossos contactos. Gosto mesmo desta rapariga. Eu também gosto mesmo dela. Não, eu gosto mesmo a sério. Também eu. Gostas? Sim, gosto. Então, não sais de campo? Então, fica a saber que quando saímos, a Lauren e eu radio radio nós radio O quê? O que fizeram? Trocámos um beijo. Um beijo incrivelmente mágico com língua. Minha nossa! Maravilhoso! És um animal. Escuta lá! Nós também nos beijámos. Foi muito especial. Duvido que tenha sido o último. Isso é o que vamos ver, está bem? Isso é o que vamos ver. Vamos, sim. Isso é o que vamos ver. Não repitas o que eu disse. Isso é o que vamos ver. Isso é o que a ver vamos. Isso é o que vamos ver. Isso é o que a ver vamos. Trata-se de uma operação completa, vigilância e escuta. Quero parabólicas, infravermelhos



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *