Radio Lumena 107.1 FM Vizela

Radio Lumena 107.1 FM Vizela, Radio Radio Lumena 107.1 FM Vizela ouvir rádios online grátis Radio Lumena 107.1 FM Vizela Portuga


Adicione ao seu site.

Das trevas do meu coração. E entra em tua alma através da janela. Muito linda. Obrigado, rapazes. Já volto. Vai e não demore. Poderia viver mil anos e sua canção e essa noite estarão sempre na minha mente. Linda inspiração. Tristeza de cego, Martha. Quando não se vê. As coisas crescem aqui dentro. E tornam-se musica. É o melhor homem do mundo. E uma grande artista. Quero ver-te sempre alegre. Trabalharemos juntos. E nunca nos separaremos, não é? O que posso dizer? Gostaria de estar sempre contigo. Como uma sombra. Para beijar seu rastro. Martha. Sr. Rivera. Boa noite. Que bom que já está bem. Foi um bom enfermeiro, Rubén. Tenho coisas importantes para dizer-te. Essas são as chaves de sua casa. Um apartamento lindo para a estrela do meu cabaré. Terá todos os confortos. Tudo o que precisar. Não parece um boa idéia? Nunca pensei nisso. Não pode morar numa casa como essa. Estou feliz aqui. Não vê que é uma estrela? Não vai gastar nada. Tudo pago pelo cabaré. Já tem categoria. Deve viver com conforto e luxo. Indispensáveis para uma grande artista. Perfumes. Jóias. Boas roupas. E um carro na porta. Boa noite Sr. Rubén. Boa noite. Suas violetas da boa sorte para Martha. Obrigado. Por que ele não veio com Martha? É fofoqueira como todas. Quando vai me convidar para vê-la dançar? Menores não podem entrar. E você o que é? Sou uma pessoa importante. Tenho que dizer-te uma coisa importante. Deixa-me trocar de roupa. Não posso. Então diga. Vamos nos casar imediatamente. Você já decidiu. E eu? Te adoro e peço que seja minha esposa. Tome. Aceita esse pequeno presente, por enquanto. Falaremos depois. Não demore, te espero na mesa. Belém. Perdão Martha. Perdão. Perdão, do que? Levante-se. Preciso seu perdão. Minha consciência não me deixa em paz. Fui eu quem tentou te envenenar. Você? Sim! Fui eu! Se não me perdoa. Esse pecado meu filho pagará algum dia. Levante-se, Belém. Levante-se. Não tenho rancor. Suas lagrimas fizeram com que te perdoe. Pega esse dinheiro. Vai em paz. Obrigada, Martha. Obrigada, você é uma santa. Sr. Luciano vai sair, já encontro vocês. Cadê as violetas? Aqui estão. Não esqueci nenhuma noite. Como seus admiradores não te deixam. Murcharam. Meus admiradores? Ah, a propósito. Quero falar contigo amanha em sua casa. Te espero. Irei ao meio dia. Vera Cruz. Lugar onde sobem as ondas do mar. E onde nos amamos. E não somente isso, olhe. Seu nome estará escrito com letras grande no cabaré. Martha, quando nos casamos? Depende de você? Não! Quando você quiser. Vamos. Tenho que falar com Rubén. Vamos. Deveria comer, Sr, Rubén. Acho que ela não vem. Martha não lembra de você. Está sempre com Luciano. Muito faceira. Proíbo que fale assim dela. Está bem, não se aborreça. É ela, não? Não. Tire os pratos da mesa. Trouxe uma flores para alegrar sua casa. Desde que foi embora. Nessa casa não há alegria. Tenho muitas coisas para te contar. Não sei por onde começar. Serão coisas boas, é claro. Entrei em muitas confusões. Não se preocupe, não é nada ruim. Ao contrario. Caso com Luciano o mês que vem. Não, isso não! Por que não? Me perdoe. Falei sem pensar. Trabalharemos juntos. Luciano quer comprar um grande cabaré. E você virá conosco. Ah, e o principal. Quero que seja meu padrinho de casamento. Isso era tudo o que queria te dizer. Desejo que seja feliz. Você é um anjo. Talvez sua felicidade seja a minha. Vamos brindar. Como são as coisas. Essa garrafa abrimos Radio Para celebrar o dia que se curou. Lembra? À noite teve serenata. Não teve importância. Para mim sim. Todas as lembranças desse dia. São gratificantes. Que seja feliz. E Deus te dê muitas glorias que não tenha tempo de lembrar Radio Tudo o que sofreu no passado. Não chore. Fiquei emocionado. Outro uísque. Sem água? Aqui está. O que está bebendo? Um refresco. Mas não troco por tequila. Eu prometo. Posso te oferecer uma bebida? Quase nunca bebo. Faça de conta que hoje é quase e aceite. Um uísque. É de Vera Cruz? Quase. Pela dama do ‘quase’. Marinheiro Radio De todos os lados. Passo a vida indo de um lugar ao outro. Isso deve ser fantástico. Ademais, não é monótono. Eu gostaria. Case-se com um homem do mar. E agora pelo prazer de ter te encontrado. Não pelo prazer de tê-la conhecido, pois não me disse quem é. Se quer saber quem sou. Não é difícil. Conhece essa mulher? Claro! Onde passou a noite? Procurei-o e não o achei. Eu também procurei. Chegou tarde. Quando acordei, encontrei ele dormindo. Nunca se embriagou. Não sabe o que aconteceu? Não, mas sei como melhora. Você? Por que deixou ele beber? Não estava aqui. Ajude-me. Sente-se melhor? Rodolfo, chegou quando? Ontem! Te procurei a noite toda. O que aconteceu? Nem eu mesmo sei o que acontece. Não posso te explicar. Beba isso. Martha. Te apresento meu filho Rodolfo. Prazer. Igualmente. É uma boa moça Logo vai se casar e que seja feliz. Deveria te odiar. Pois te conheci para te perder. Não, Rodolfo. Não me perderá. Desde que te vi. Algo me disse que era o homem de minha vida. Nos conhecemos faz pouco tempo. Te amo muito. Martha. Mas vai casar com outro. Não! Se pensei casar com Luciano. Era porque queria encontrar nele. Carinho e tranqüilidade. Que a vida sempre me negou. Mas nunca o amei. Hoje mesmo terminarei com ele. Lá vem ele. Vou falar com ele. Vá embora, por favor. Que vá embora? Sim! Se ficar não posso falar com liberdade. Juro que não haverá ninguém no nosso caminho. Está bem, Martha. Até amanhã. Até sempre, Rodolfo. Conhaque Sr. Luciano? Sim! Temos que conversar, não acha? Parece que sim. Acho que tenho direito a uma explicação. Que te darei. Quero começar pedindo que me perdoe. Você sabe, as mulheres não podem mandar no coração. Ah assim estão as coisas? Não, obrigada! Quando aceitei teu pedido de casamento. Fiz sem pensar direito. Tinha medo da solidão. Nunca soube o que era carinho. Até agora! Tão de repente? Sim, de repente. Agradeço tudo a Rubén. Me apaixonei pelo seu filho. Decidi deixar o cabaré. Irei com ele. Para que não sofra com minha presença. Sou culpado por não seguir o conselho de meus amigos. Todos diziam que era uma qualquer. Por favor Luciano. Estamos fazendo uma cena. Como se tornou sensível. Se preocupa



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *