Super FM 104.8 FM Alcochete

Super FM 104.8 FM Alcochete, Radio Super FM 104.8 FM Alcochete ouvir rádios online grátis Super FM 104.8 FM Alcochete Portuga


Adicione ao seu site.

do jovem americano. Muito obrigado, obrigado! Lá vem ele, o partido cobiçado de Hollywood. Nessa altura, estou acostumado com Tab Hunter, claro após todos esses anos. Eu cresci sendo Art Gelien. Eu nasci em . de julho, . O nome de minha mãe era Gertrude Gelien. Ela era de Hamburg, Alemanha. Eu dizia que ela era a Marlene Dietrich casada com um homem pobre. Ela teve dois filhos, meu irmão mais velho Walt, que era meses mais velho que eu. Meu pai e minha mãe não se davam nada bem. Ele era terrivelmente abusivo com ela. Quando minha mãe deixou meu pai foi um grande fardo, um grande estresse para uma mãe solteira criar dois filhos naquela época. Ela era muito rigorosa. Num momento ela poderia ser explosiva e no outro muito querida e cuidadosa. Minha mãe trabalhava como uma louca. Mantinha, algumas vezes, dois empregos. Ela queria criar um ambiente para uma família, e um lar. Isso foi muito jogos importante pra ela e para nós. Eu estava perdido, quando criança, em diversas formas, era introvertido E eu era extremamente tímido. Nunca estava confortável perto das pessoas. Me deixava muito nervoso. Meu irmão era o oposto. Meu irmão me inspirou bastante porque ele lidava muito bem com qualquer situação Ele sempre me aconselhava. Sem ele, eu teria ficado na minha concha por muito mais tempo. Fomos criados como Católicos. Minha mãe nos colocou numa escola paroquial, tínhamos freiras. Ela estava muito preocupada com o nosso crescimento: físico, mental e espiritual. Eu adorava ir a igreja. Eu cantava no coral. A escola foi incrível para mim, aprendi muita coisa de Latim e eu adorava. Foi um bom lugar para estudar e me tornar parte de algo que eu gostava. “The Black Swan,” estrelando Tyrone Power, no papel do desafiador Capitão Waring. É claro que eu ia assistir filmes o tempo todo. Eu vivia no cinema. Havia alguma aura nas estrelas de cinema. Era realmente maravilhoso. Era um escapismo total. Eu amava. Filmes pareciam a um mundo de distância. Eu sentia que era diferente dos outros garotos. A palavra “” não era usada quando eu era criança. Eles usavam termos depreciativos: fadinha, veado E talvez eu até tenha dito isso sobre alguém, querendo não ser diferente, querendo ser como todo mundo. Eu sempre fui ensinado que se havia algo errado, tire da sua cabeça, tire da sua cabeça. Então eu nunca confrontei essas coisas, embora estivesse lá e fosse muito forte. Eu me odiava. Eu ia me confessar. E teve esse padre, que me fez sentir como a pessoa mais infeliz que já existiu. Depois de me confessar a ele, eu abandonei a igreja completamente embora fosse algo que eu gostava. Eu saí de lá com mais medo do que nunca. Eu fiz o ensino médio na escola “John Burroughs” com Arthur Gelien. Foi como se algo mágico tivesse chegado na escola. Sinceramente, as garotas não o deixavam em paz. Elas nunca tinham visto alguém tão bonito. Estavam impressionadas. Garotas eram muito atraídas por mim e me deixava extremamente desconfortável quando me perseguiam a todo custo Se ele tentasse atravessar um corredor, era assediado Houve vezes em que ele corria para uma sala vazia e trancava a porta para escapar das garotas. Eu não sei como ele sobreviveu. A atenção na escola era tão perturbadora que eu senti que precisava escapar de alguma maneira. Então eu decidi me juntar à Guarda Costeira. Precisava me descobrir. Minha mãe e eu tivemos uma grande discussão sobre eu me juntar a Guarda Costeira. Kelm era o nome do meu pai, Charles Kelm. Minha primeira memória era do meu pai abusando da minha mãe e meu irmão e eu chorando. Não tenho lembranças do meu pai depois disso. Minha mãe nunca quis falar sobre ele. Na verdade, se você mencionasse o nome dele, ela literalmente tremia. As vezes eu desejava que nós tivessemos um pai. Eu dizia que Charlie provavelmente não era tão ruim assim. Minha mãe disse: “ah, é mesmo? Então acho que você deveria ir a Nova York para vê-lo.” Quando cheguei em Nova York, tinha o endereço dele e bati na porta. E uma mulher disse, “Sim?” E eu disse, “Charles Kelm está?” E ela disse “não”. E atrás dela eu vi alguém sentado em uma cadeira E eu disse para ela “Você pode avisá-lo que seu filho veio cumprimentá-lo” E ela disse “sim”. E ela bateu a porta na minha cara. Eu sabia que era meu pai sentado naquela cadeira. E posso afirmar que ele não queria me ver. Eu estava arrasado. E apenas caminhei pela neve, por horas. A Guarda Costeira descobriu que eu era menor de idade e me dispensaram. E quando eles me dispensaram, eu voltei para Los Angeles. Eu trabalhei como entregador. Eu trabalhei embrulhando presentes na “Brothers” em Hollywood. Vendi suco na banca “Orange Julius” em Hollywood Boulevard. Tive vários empregos. Foi meu irmão que me “apresentou” aos cavalos. Eu queria fazer o que meu irmão estivesse fazendo. E meu irmão, perseguiu com outras coisas, claro mas eu fiquei com os cavalos. Eu adorava estar perto dos cavalos quando estavam nos estábulos. Adorava o cheiro deles. Adorava trabalhar em torno deles. Adorava cavalgar. E consegui um emprego tirando esterco, trabalhando no celeiro. Quando os cavalos entraram na minha vida, ocuparam todo o espaço. Uma semana



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *