ERA FM

ERA FM, Radio ERA FM ouvir rádios online grátis ERA FM Portuga

mas esta parte só pertence a ti. Só está seguro se eu não souber onde está. Mas e se eles o encontrarem primeiro? Como vai ser? Se queres saber, não estás sozinho. Tens de começar a confiar em mim. A não ser que tomemos uma acção corajosa e imediata a ta extinção será a nossa. Tinhas razão. Vou fazer outro caminho para ti. O Inferno vai estar no fim. Se acontecer alguma coisa comigo, a primeira pista será entregue a ti. Sei que vais fazer o que é preciso fazer. Procura e encontra. Não estás sozinho. Então. A bela jovem escolheu o mau da fita. Acontece. Parece decepcionado. Vou-lhe dar um minuto. Não é a Elizabeth que quer o vírus para vender. É você. Foi usado. Um esquema criado por pessoas para fazer com que fizesse o que elas querem. Mas eu, sou bem directo. E esta é uma óptima oportunidade para mim. Então, onde está o vírus? Ande lá, Professor. Quantas vidas há no mundo? Quantas lutas precisam para ser uma guerra? Não há problema em diminuir o rebanho de vez em quando. É saudável. Já vi tantos actos de Deus. Refiro-me a furacões, cólera. E sabe uma coisa? Às vezes atinge as pessoas certas. Isso é desumano. A humanidade é desumana. A vida não vale nada. Mas acabar com ela em massa muitos vão pagar por isso. É a última vez que pergunto Radio Tenho muita pena. Não vi outra saída. Mas tive de ser rápido. Quanto menos sangue melhor. Quem é você? Um facilitador. Entre outras coisas, a minha empresa cria ilusões. Nunca teve uma ferida na cabeça. Mas perdi a memória. Quimicamente induzida. Demos uma injecção de Benzodiazepina. Desculpe, ela pode produzir erupção cutânea. Vai desaparecer dentro de dias. Tudo isto foi Radio Foi forjado? Prefiro “realidade gerada”. Os meus agentes raptaram-no. Tiveram de ser rápidos. A matar-me? As minhas sinceras desculpas, Sr. Langdon. Eu perdi, e a experiência vê isso. Tenho uma grande demanda na minha linha de trabalho. Ouça o que eu sei. Sei que portei-me mal. Mas um puzzle precisa ser resolvido, e quem melhor para o resolver se não o senhor? Com prazer, aparentemente. Não foi o meu melhor trabalho. Mas já serve para os italianos. Zobrist tinha seguidores em todo o lado quando a Sienna pediu-me ajuda. Era o que eu pensava. Ela veio até nós preocupada, depois de o Zobrist ter morrido. De alguma maneira ela sabia que o Zobrist nos contractou. Disse que trabalhava com itens biológicos que podiam cair em mãos erradas. Não mencionou uma praga. Mas ficámos logo alarmados. Então concordámos em trabalhar com ela e encontrar o projecto do Zobrist. Quando a Dra. Sinskey o trouxe aqui, vimos a oportunidade. Foi a Elizabeth que veio ver-me. Sim. A Dra. Sinskey conseguiu a lanterna do Agente Bouchard. Ela trouxe até si para que a decifrasse. Ela até usou a sua impressão digital como segurança. Isso não nos deixou outra opção, senão tirarmos dela na rua. A cena do hospital fez confiá-lo na Dra. Brooks. Quando ligou para o Consulado, um amigo nosso atendeu. Professor Langdon? Graças aos Céus está vivo. Andámos à sua procura. Ainda está na sua posse? Você tinha a lanterna, nós o tínhamos a si. Tudo funcionava perfeitamente até que a Menina Brooks roubou-o. Para que o vírus fosse libertado. É o que parece. Os jovens decepcionam-me. Só os tolero por volta dos . Devia agradecer à Dra. Sinskey. Fiquei tão preocupada. Estás bem? Estou bem. Estás mesmo? Estou bem. Estou bem. Graças a Deus. Sabes onde é que está o vírus? Istambul. JACTO DA OMS Agora é o momento. Hoje é a renascença. O Inferno é a salvação. Desculpa por ter-te envolvido nisto, depois destes anos todos. Não. Ainda bem que envolveste. Eu conheci-o, sabes. O Zobrist, dois anos atrás. Ele pediu a minha ajuda. Queria que a OMS endossasse esterilização em massa através da água potável e alimentos básicos. Então, expulsei-o da minha sala, e coloquei-o na lista de vigilância. Ele desapareceu e Radio Suponho que foi quando ele perdeu os seus laços. Eu devia ter Radio não sei. O quê? Culpaste sempre por coisas que não são da tua culpa. És muito doce. Aqui, uma entrada. Queria que tivesse sido diferente, naquela altura. Nós não cuidámos disso, até que se desfez. Isso é um arrependimento? Só quando penso sobre isso. Diria que as mesmas coisas acontecem nas entradas, nas fronteiras, perto das extremidades. Antigos pescadores aprenderam a navegar ao encontro das águas frias e quentes. O pequeno peixe vai até à extremidade da água quente e pára. E os peixes maiores saem da água fria e comem-nos. E os pescadores Radio Bem, eles podiam apanhá-los todos. Entradas. Nada mudou em ti, Robert. Falas demais. E depois, nem por isso. Elizabeth. Eu não conseguia não pedir para não ires a Genebra. Eu não podia. Eu não te queria pedir para saíres de Cambridge. Foi assim que aconteceu? Já não confio na minha memória. Eu nunca esqueço nada. Bem, isso é um dom. Não. Não é. Deixem-no em paz! O que estão a fazer? Deixem-no em paz! Vire-se! Não olhe para mim! Olhe para ali. Não olhe. Robert! Sou amiga do poeta. Pelo que o Zobrist morreu? Para que outros possam viver. Eu vim de muito longe para garantir que nada interfira. O sistema de entrega que projectámos descarregarão o vírus



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *