Top FM

Top FM, Radio Top FM ouvir rádios online grátis Top FM Portuga


Adicione ao seu site.

daí tenho de levar meu filho comigo. Eu posso? Posso levar meu filho nas viagens? Jogadoras! É um garoto adorável. Todos vão gostar dele. Me solte! Eu desisto! Venha, Stilwell. É muito novo para dirigir. Evelyn! Desculpe, mas matarei seu filho. Espere, as garotas têm um jogo! Não pode nos abandonar assim. Venha cá, Stilwell, vou matá-lo! Mae, não! Não use o meu taco. O da Marla é mais pesado! Por que ele é tão pestinha? Não sei. Stilwell, anjo, tome outro chocolate. Dá, dá, dá. Não pode nos abandonar. Somos mulheres solteiras! Não podemos ficar aqui. Afaste-o de mim. É uma criança doce, Dottie. Espero ter cinco deles. Não coma o celofane, anjo. Vem conosco? Para onde? Em uma boate chamada “‘Jorro de Espuma”. Não, sou casada. Não está mais na fazenda. Viva um pouco! Garotas, por favor. O Sr. Goosatelli não vai voltar. Como evitarão a Sra. Cuthbert? Envenenaremos seu jantar. O quê? Sr. Dugan. Sr. Dugan. Sr. Dugan! O que há, garota? Que diabos está havendo aqui? Por que paramos? O Lou pulou fora. Quem é Lou? O motorista. Podia passar algum carro… Entrem no ônibus! Ele falou inglês? Adorei você no “Mágico de Oz”. Quem pegou meu lugar? Em anos de profissão, nunca vi uma mulher vomitar tanto. Deve ser assim que ela se diverte. Calma, calma. Aí. Isso! Vamos! Quietas! Mae, o que deu a ela? Pouco importa, está funcionando. Não usaria mais esses sapatos. Eu já vou! É isso aí, Mae! Minha vez, Mae! Vamos lá, boneca! Vamos. Segure-me! Você me viu, Kit? Eu o virei! Doris, olhe a Mae! Onde aprendeu isso? A Mae me ensinou. Meu pai tem uma boate: Vinnie’s Dance Girls Deluxe. Ela dançava, eu era segurança. É isso aí, Mae! Vamos lá! Obrigada pela carona, garoto. Por que a pressa, boneca? Deite no banco de trás e me torne um homem. E se eu o encher de pancada? Podemos fazer as duas coisas? Não estou com calor. Está muito frio! Onde está a Kit? Está na pista de dança. Meu carro está aí em frente. Com licença, temos de ir. Alice, vamos. Vamos, meninas, deu problema. Quase matou a Sra. Cuthbert. Só falta mesmo enterrá-la. Lowenstein está vindo. Se nos pegar aqui, sairemos da Liga. Certo, vamos dar o fora, garotas! Até logo, Mae. Pelos fundos! Estão todas aqui? E a Marla? Ela veio conosco. Onde está ela? Ali. O que deram a ela? Apenas um vestido. E muita bebida. Podem ir, vou buscar a Marla. Andem, vamos, meninas. Dottie, obrigada. Você me emocionou Com todas as suas falhas Ainda assim te amo Tinha de ser você Maravilhosamente você Tinha de ser você Tinha de ser você Marla, temos de ir embora. Estou cantando para o Nelson. Não estou, anjo? Pode crer. Posso levá-la para casa. Seria uma honra. Ele não é maravilhoso? Eu poderia ficar triste É a segunda vez que ele deixa cair a Bíblia. Vamos, garotas. Mae, o que você disse? Tudo. ‘”É um bom emprego para você.” “‘Treinar jogadoras de beisebol.” “‘Basta levantar e acenar o boné.'” ‘”Não beba.” Por que beberia? Sou um Peach! “Double play”. Estou rebatendo como uma garota. “‘Seja gentil, elas são boas.” Mais uma rebatida! Rebatendo para o Peaches… no. , central, Mae Mordabito! O lançamento… e acerta um belo golpe! Alcança a primeira base, passa pela segunda… …vai para a terceira… Suje o vestido, Mae! E conseguiu um triplo! Tempo. Chegou até a beijar a base! Por isso ela é chamada ‘”Mae Topa-Tudo'”. Próxima rebatedora, no. , segunda base, Marla Hooch. Evelyn, o doce do Stilwell grudou na minha sola! Fique de olho, Marla! É tonta? Alguém deve dirigir o time. Alguém que olhe os jogos. Vai rebater de leve com nossa melhor rebatedora? Qual é o sinal para rebater? Qual é o sinal, loira? A defesa deles se afastou. Não sejam mocinhas. Retedora! Tempo! Ande! Ei, o técnico aqui sou eu! Então aja como um, seu bêbado! Falou na cara dele, Dottie! Estava na hora de alguém falar. Estou pronta. Vamos jogar! Mostre algo diferente! Vamos lá, seja quem for! Bela jogada! Ainda não as acho jogadoras. Um cemitério! Cruzem os dedos, ou não mais acertarão as bolas! Pronuncie devagar. Quimono. …tirou o quimono… e pegou… seus… seios… brancos como leite… O que deu para ela ler? Que diferença faz? Ela está lendo. Isso é que vale. Agora deixe-nos. Está indo muito bem. …brancos como leite… os seios. Agora fica bem melhor. O entregador entra no quarto… O que está fazendo? Escrevendo uma canção. É mesmo? Sobre o quê? Sobre nós. Você vai nos ensinar? Doris, é seu namorado? A foto está desfocada? Não, ele é assim mesmo. A aparência não é o mais importante. O importante é que ele é bruto, vadio e me trata mal. Então por que você… O que você acha? Porque os outros rapazes… nunca me acharam atraente. Sempre me acharam muito esquisita… masculinizada, porque sei jogar. Eu acreditava neles, agora não. Há muitas de nós. Acho que não temos nada de errado. Nada mesmo. Me dê. Adeus, Charlie! Com pontos no º., o South Bend empata o jogo. Quero ir ao banheiro! Não desanimem! Evelyn, posso lhe perguntar algo? Em que time você joga? Para o Peaches. É mesmo? E por que lançou a bola à recebedora… quando estávamos em vantagem! Deixou o adversário chegar à ª. base, e perdemos a vantagem! Use a cabeça, aquele coco que fica um metro acima da bunda! Está chorando? Está chorando? Está chorando! Sem choro! Não há choro no beisebol! Deixe-a em paz, Jimmy. Cale a boca, Doris! Uma vez meu técnico me chamou de “‘bosta falante”. Meus pais tinham vindo me ver jogar. E eu chorei? Não, não! Sabe por quê? Porque não há choro no beisebol! Não há choro! Não há choro! O que houve? Ela está chorando! Não fiz de propósito. Talvez tenha sido muito duro. Uma regra: trate-as como trataria a sua mãe. Parece um pênis de chapéu. Está expulso! Eu ouvi! Não, entendeu mal. s para sair! Entendeu mal! Não pode me expulsar quando há um “strike”! Saia do campo! Não fui o único a dizer isso! É o seu lugar! Comandarei o time agora. Hoje o público é pequeno, por causa do show dos aviões. Se estão por perto, e devem estar, ao ouvirem essa estação… venham ao estúdio e tragam suas crianças. Sem público, não teremos fãs. E, sem fãs, não teremos a Liga. Senhoritas… estão todas lindas! Temos aqui um repórter e um fotógrafo da revista “‘Life”. Da revista “Life”?



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *