Visão FM 98,7

Rádio Visão FM 98,7 ouvir rádios online grátis qualidade e transmissão ininterrupta. Portuga

Adicione ao seu site.

Não se quer sentar? Hoje falou muito bem, Winston. Muito bem. Havia muito a dizer. Preferia que me tivesse falado disso antes. Você próprio disse que acolhia bem as críticas. E acolho. Acolho quaisquer ideias sobre formas de aumentar as probabilidades de êxito da Overlord, diminuir as baixas, enfraquecer as linhas de abastecimento. Mas começar a falar sobre transformar totalmente a operação perante os homens que passaram meses a planeá-la e o rei de Inglaterra, bem… Isso pode ser visto como contraproducente. Contraproducente? Ike, tem de se lembrar que já combatemos os alemães em França. Mesmo que consiga romper na Normandia, mesmo com as pesadas baixas, civis e militares, o que enfrentarão os nossos rapazes em França? Outra Frente Ocidental? Passchendaele? O Somme? Guerra de trincheiras. Winston, temos uma força aérea. Temos artilharia auto motriz, divisões blindadas. A era de atirar infantaria para a frente acabou. A Operação Overlord não é a única forma de ganhar esta guerra. Sei do que falo. Já vi muitas guerras. Exacto. Algumas delas no século passado. Desculpe? A guerra de que fala aconteceu há anos. Acho que não compreende o quanto progredimos. O que é isto, Brookie? Acontece, Winston, que não temos capacidade para executar esses seus outros planos. Bordéus, Itália… Nada. Só estou a tentar ganhar esta guerra. Eu acho que está a tentar ganhar a última guerra. Com as mesmas ideias e tácticas que eles tinham na altura. Aprendemos lições na última guerra. Não quero cometer os mesmos erros. Claro. E ninguém me impedirá de dizer o que penso. É, obviamente, o primeiro-ministro. E é exactamente por isso que não podemos deixar que perturbe os planos. A minha intenção é exactamente perturbá-los! A invasão da França é uma aposta letal e tem de ser travada! Não, o senhor é que tem de ser travado! Ouçam, estamos todos cansados. Você próprio me disse, Winston. Já não salta da cama logo de manhã. Raramente antes do meio-dia. Talvez deva dedicar as suas energias à política, a fortalecer o moral da nação e esse tipo de coisa. O quê? Devo ser um palhaço e entreter as massas, enquanto vocês mandam jovens para a morte? Winston, estamos a tratar do assunto. Pedi planos alternativos às forças armadas. Devem chegar amanhã e depois… As forças armadas não vão executar os seus planos. Revogou as minhas ordens? E… ambos pensam o mesmo? Tem de nos deixar fazer este trabalho. Se me dão licença, tenho de voltar para Londres. Vou consigo. Preferia que não fosse. Tenho papéis para ler no carro. Winston. Obrigado por ter ouvido o que tínhamos para dizer. É um grande trunfo para este país, para este esforço de guerra aliado. Todos o sabemos. Sem dúvida. Estou bem! Certo, senhor. Esquerda, direita, esquerda, direita, esquerda, direita, esquerda, direita, esquerda, direita, esquerda… Vejam. Esquerda, direita… Sim, obrigada. Winston. Vou à reunião do Fundo para a Rússia. A Margaret vai dar um jantar a seguir. O Ike falou contigo, não falou? Dirigi este país e esta guerra durante mais de dois anos antes de estes americanos aparecerem.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *