Radio Zero FM 104.1

Radio Zero FM 104.1, Radio Radio Zero FM 104.1 ouvir rádios online grátis Radio Zero FM 104.1 Portuga

em Viterbo, sabia? Não, não sabia. Sim, fomos ouvi-lo e radio Sabe-se lá o que o Bruno estará fazendo? Dizia mesmo no outro dia, que fez bem em escolher Direito. Depois de se formar pode fazer como eu radio presta um exame para Procurador radio abre um escritório em Rieti e não precisa de mais nada. Verá que em poucos anos radio você também terá uma Fiat , como eu radio e pode ser que encontre uma boa mulher radio como a minha Luisita. Isso não! Seria demais. Quieta! Se continuar a se mexer assim posso machucá-la! É demais. Chega! O olho em amêndoa! E agora os cabelos. Mas como, em Roma, certas mulheres usam até peruca radio para mostrarem que têm o cabelo comprido radio e a senhora que tem um tão bonito e natural radio o penteia para cima! Que crime. Mas nós não estamos em Roma. Macios! Macios! Mas aqui pode! Em Roma, vai presa! Você, papai, é um burro com os camponeses Se eu não estivesse aqui radio para enfrentar esses quatro safados radio ele deixaria levar embora até a camisa. Os camponeses, neste tempos, são verdadeiros animais radio mais se faz alguma concessão para eles, mais eles exigem radio portanto, não podemos conceder-lhes nada e assim radio não têm nada pra exigir. É justo? Sim, o primo Alfredo é muito arrojado! Lembra-se Luisita, em Montalto di Castro? Aquela vez que tivemos o meu comício radio falei justamente da política radio e da lógica do governo atual de centro esquerda radio em relação aos grandes proprietários de terras radio cujos problemas, ao contrário radio foram tão corajosamente enfrentados radio e resolvidos pelo partido fascista. Roberto! O quê? Viu? O primo Alfredo não é filho do tio Michele radio é filho do capataz. Está maluco? Como não? Olhe, são iguais. radio de separação, de Plano Verde, e aí por diante. A mesma estrutura, as mesmas sobrancelhas, olhe! Olhe! Olhe como mexe a mão! Já viu? A tia Enrica radio comia o tio Michele com os olhos radio mas ia para a cama com o capataz. Desculpe! Disse tudo isto, mas foram palavras perdidas radio porque hoje são poucos radio os ouvidos que escutam o argumentos radio Ah, abre a porta! A tia Enrica com o capataz. Sim, o Bruno tem razão radio e talvez o tio Michele saiba disso. E talvez o soubesse já naquela época. Querido tio Michele radio como estava feliz no dia em que me mostrou o potro radio comprado no mercado! Alfredinho. Se eu for bom, chegarei onde ele chegou radio ao radio . e encontrarei uma boa mulher, que diz sempre sim e fala pouco radio porque as palavras servem todas ao marido. Lamento interromper esta bela reunião de família radio mas ficou tarde. Vamos, Roberto! Está encantado? Vamos! Queria ficar aqui toda a vida! Já passaram três horas! Mas fiquem! Não! Ele tem que voltar para Roma radio e eu tenho compromissos. Muito prazer. Até mais. Sem cruzes, primo Alfredo! Tia Enrica. Vou acompanhá-los. Mas não radio Sim, vamos acompanhá-los. Viu Roberto, até o capataz! Você que é de Roma, como é a Sophia Loren? A Loren? Bem, em certo sentido radio coloco-a entre os túmulos etruscos e o Monte Fumaiolo. Explico-lhe da próxima vez. Mandarei alguém pegar o relógio, está bem? Um beijinho, tia Enrica. Tchau, Alfredo, cuidado com os camponeses! Robertinho, não se despede de mim? Tchau, tia Enrica! Cuidado aí! Eu ia estourar se ficasse mais um minuto naquele necrotério! Vamos embora! O campo! Está maluco? Que acha Roberto, talvez tivesse sido melhor radio eu não ter ido na casa de seus parentes, não é? Não, por quê? Imagine! É que cada um de nós tem uma recordação errada da infância. Sabe porque sempre falamos radio que essa era a idade mais bonita? Porque na realidade não lembramos mais dela. O que é? Olhe lá! Uma festa campestre. O twist rústico. Olhe aquela com os óculos! E aquele com o chapéu? Que tipo! Deve ter passado Robe’, que importam as tristezas? Sabe qual é a idade mais bonita? Eu te conto qual é! É a que cada um tem, no dia-a-dia. Até a morte, é claro. Sabe Bruno, em Rieti e em Roma radio eu tenho muitos amigos e conhecidos radio mas percebo que é mais fácil virar amigo de um estranho radio que de alguém que conhecemos há muito tempo. Então, dê ouvidos a um estranho. Como se chama aquela moça? A que mora no edifício na frente do seu? Valeria. Quando voltar de viagem radio chame a Valeria, fale com a Valeria. Entendeu? Não seja bobo. Senão, depois acaba com a minha idade radio só como um cachorro. Desculpe-me por um momento. Vou tirar água do joelho. Eu também nunca tive um amigo verdadeiro. O que está fazendo aqui? Ficou com medo? Certo radio eu não digo nada, decida você: Roma ou Castilioncello? Eu diria Roma. Mas reflita, já está escuro e chegaremos à Roma de noite. Castilioncello está perto, eu tenho amigos radio jantamos, bebemos um pouco radio partimos e de manhã estaremos frescos e descansados. Afinal, quem é que decide? Você radio mas de um jeito razoável. E como seria esse jeito? Como eu estou dizendo. Então, decida você. Está bem, já decidi. O ano passado, na estrada radio encontrei uma turinesa com o radiador seco, que fumegava. Ofereci-lhe carona para ir pegar água radio ela subiu, falamos de banalidades radio e chegamos num motel. Bom, para encurtar, em vez de água radio pedimos um quarto. Olhe esses cornudos! Não me dão passagem! Onde vai com esse ? Mas ele está bêbado! Desgraçados! Malditos, idiotas! Esses filhos de um cão! Viu o que fizeram? Seu burro! Quando o Bruno passar, dê-lhe espaço! Vá-se danar! Que lugar bonito! Sente o cheiro do mar? Dos pinheiros? Ficaria aqui toda a vida! Meu Deus, umas duas horas. Advogado, está tirando sarro da minha cara? Sabe que nos damos bem, nós dois? Em Roma, vou lhe apresentar minha mãe radio e nos veremos todas as noites. “Cormorano”? O que é? É um pássaro radio mergulha na água e cata os peixes com o bico. Ah, sim? Quem diria! Então, devem ter peixe fresco. Vamos comer outra sopa de peixe. Cortona! O que faz por aqui? Boa noite, comendador, como está? Que prazer. Não devia estar na Calábria? Pode se esperar tudo de vocês, romanos radio menos que cumpram compromissos. Não, agora lhe explico tudo. Vamos jantar juntos, aqui no “Cormorano” radio assim lhe explico tudo em minutos. Desculpe



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *