Radio Voz Do Caima 97.1 FM Oliveira de Azemeis

Radio Voz Do Caima 97.1 FM Oliveira de Azemeis, Radio Radio Voz Do Caima 97.1 FM Oliveira de Azemeis ouvir rádios online grátis Radio Voz Do Caima 97.1 FM Oliveira de Azemeis Portuga


Adicione ao seu site.

Queria que tivesse escolhido você. Vejo você depois. Afinal, há muitas outras garotas. Muitas? Para outros homens. Muitos anos atrás, eu lutei na Criméia. Ao lado daquele soldado galante, general Faversham, cuja morte ano passado foi uma grande perda. Sim, sim. Essa noite fico orgulhoso em anunciar o noivado de minha filha Radio com Harry Faversham, o único filho de meu velho amigo. -Bravo! -Sim! -Bom e velho ?arry! -Boa sorte, ?arry! Dez anos atrás, quando Harry era um garoto, fiz um brinde em sua homenagem, desejando que se mostrasse o mais corajoso dos Favershams, ?arry Faversham Radio irá se casar com minha filha Ethne. Harry! -Boa sorte! -Boa sorte, Harry! A companhia está dispensada. Começam agora as danças Radio Bem, coronel, agora você vai levar Harry para o Egito. Mas é apenas uma campanha menor para lhe dar um bom nome. O exército está muito fácil hoje em dia. -Não está forte o suficiente? -Claro! Mas na Criméia Radio a guerra era guerra naqueles tempos, e os homens eram homens. Deixe-me contar sobre a batalha de Balaclava. Doutor, você lembra das posições, não é? Muito bem. Eu estava ali. Na extrema esquerda. Desse lado, estavam os russos. Armas, armas, armas. Na direita, a brigada britânica. A fina linha vermelha. Imagino que não havia muito o que comer. -Do que está falando? -Você falou que a linha era fina. Me referia a linha, não aos homens! Aqui estava o comandante. E aqui estava eu. Na frente do velho º. Sinto muito por meu pai ter falado do Egito. Não tem jeito. Falamos disso no café e almoço Radio e das honras do regimento no jantar. Mas ele sabe que vai casar comigo e não com o regimento. Ele não tem muita certeza. E você tem certeza? Quando estivermos velhos e com reumatismo devemos Radio nos lembrar desta noite. Ethne, espero que nunca tenha reumatismo. Nem escute o ranger dos ossos. Mas estaremos velhos. E vou me lembrar dessa música, da luz do luar e do cheiro das flores. Esta é uma ocasião solene, Harry. Uma memória está nascendo hoje. Uma memória que irá passar nos testes todos os anos. Momentos como esse são melhores do que todas as lembranças do mundo. As memórias são melhores, porque não têm incertezas, nem preocupações. As memórias flutuam sozinhas, sem sombras sobre elas. A música do baile, a lua Radio o perfume das flores, só isso. Não vai me roubar a dança, Ethne? J?hn, sinto muito, a culpa é minha. Essa é a sua dança? -Acabou de começar. -Querida, me esperam. Com licença. Não foi culpa sua, foi minha. Eu falo demais! -Vamos dançar? -É uma polka. -Não gosta de polka? -Muito agitada, não é? Não, é como eu queria me despedir Radio -Sinto muito, John. -Não precisa. -É muito difícil explicar. -Não há o que explicar. Não está no catálogo, “Por que amo o senhor A? Por que não amo o senhor B?” Mas o Sr. B ficou pensando no que teria contra ele. Nunca vi uma lista tão impressionante. Razões pelas quais Ethne Burroughs não ama John Durrance. -Primeira Radio -Não, John. Mas eu pensei em razões ao todo. A razão é que ela ama outro homem. Então risquei todo o resto. -Obrigada. -Harry é um ótimo rapaz, se ajudá-lo, ele pode ter, uma excelente carreira. -Vai gostar de ajudá-lo, não? -Espero conseguir. Vai conseguir. E vocês serão muito felizes. Acho que vou sempre amá-la Radio John, querido Radio Sinto muito. Bobagem, vou ficar bem. Não se sinta mal por hoje à noite. Vamos dançar a polka, vamos. “ORDENS PARA O REGIMENTO REAL DO NORTE EMBARCAR EM PORTSMOUTH AO MEIO DIA DO DIA , PARA PRESTAR SERVIÇO ATIVO NO SUDÃO” -O que foi, Faversham? -Atenda-o, Lubbock. Ele quer lhe falar em particular. Muito bem. Então, Faversham? Gostaria que aceitasse isso, senhor. -O que é isso? -Estou entregando minha patente. Entregando sua patente? -Como assim? -É isso mesmo, senhor. Não o entendo, Faversham. Deveria ter feito isso há meses. Só aceitei a patente por meu pai, porque toda sua família era de militares. Mas quando ele morreu, meu dever para com ele se cumpriu. Dever para com ele? Não tem dever para com seu país? Vá se deitar um pouco, meu garoto. Estará melhor pela manhã. Já me decidi, senhor. Faversham, se fizer isso Radio vai se arrepender pelo resto da vida. Sinto muito, senhor. Já me decidi. Está fugindo do seu dever! Recuso-me a aceitar! É um direito meu, não pode se recusar. Nunca pensei que veria um Faversham se acovardar. -Posso retirar-me, senhor? -Sim. Vá. -Os oficiais Radio -Sim? o esperam, senhor. Senhores, as ordens finais acabaram de chegar. O regimento parte na quinta-feira. Embarcamos em Portsmouth ao meio-dia. Eu Radio Acabei de receber esse telegrama do general Kitchener. “Seu regimento será bem-vindo ao meu comando”. -Muito gentil da parte dele, não acha? -Senhores! Haverá uma mudança nas ordens do º regimento. O Sr. Faversham abriu mão da patente, na véspera da partida de seu regimento para o serviço ativo. O lugar será ocupado pelo Sr. Parker, que assumirá imediatamente. -Muito bem, Parker! -Que bom que vai conosco! Cuidado, senhor. -Bem, tenho que ir. -Adeus, John. -Adeus. -Boa sorte. -Fique de olho em Peter por mim. -Os dois olhos. Garotinha! Por que está chorando? Toma. Adeus, Annie. Cuide da sua mãe. -Adeus, Fred. -Adeus, querida. Tenho que ir agora. Estou bem, mas as crianças vão sentir saudades. -Adeus, meu filho. -Adeus, pai. Adeus. -Vamos sentir saudades. -Sim, senhor. ?arry! O que houve? Peter saiu ontem à noite e papai foi se despedir de vocês. Cancelaram? Vocês não vão mais? Eles foram. O regimento partiu hoje de manhã. -Mas eu não fui com eles. -Eu não entendo. Discutimos tantas vezes, a futilidade dessa aventura egípcia. A loucura que é. A perda de tempo que nunca mais vamos recuperar. -O que você fez, Harry? -Desisti da patente. Deveria ter feito isso antes, há muito tempo atrás. Livrei-me da vida de impostor. Assim age uma pessoa que nunca acreditou no que fazia. Acredito na nossa felicidade. Creio que há trabalho a ser feito aqui, para salvar uma propriedade em ruínas. Salvar pessoas que foram ignoradas pela minha família Radio que preferia glória na Índia. Glória na China! Glória na África! Com licença, senhorita. Esse pacote chegou para o Sr. Faversham. Marcado como urgente.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *